12 de mai de 2013

Método de higiene natural do bebê... oi?!


Estava assistindo ao Fantástico desse domingo e me deparei com uma matéria com um assunto no qual eu nunca tinha ouvido falar...
Um método de higiene natural do bebê, ou seja uma criação sem o uso de fraldas!

Pode parecer estranho, mas essa prática é antiga e muito usada ao redor do mundo, principalmente na Ásia e na Africa, e consiste em conhecer a linguagem corporal do bebê, e na hora que ele demonstrar vontade de fazer xixi ou coco, levar ele para um penico, um balde, ou até mesmo um vaso sanitário.
É possível iniciar essa técnica de conhecimento a partir do nascimento, os bebês não tem capacidade de expressar verbalmente sua vontade de ir ao banheiro, mas sinalizam que estão incomodados e com vontade de fazer xixi ou coco, e cabem aos pais aprenderem a entender esses sinais  ( eu mesma já notei a Manu quando faz coco, ela para tudo o que ta fazendo, fica muda, e depois vai fazendo força!), é importante também ficar atento aos horários que o bebê tem o costume de querer ir ao banheiro, normalmente são nos mesmos horários, e uma parte muito importante para o bebê associar a ida ao banheiro é a comunicação com os pais, os adeptos costumam fazer  barulhos, ou chiados ( como o shhh ) e então posicionar o bebê no penico...
Nos últimos anos, cada vez mais pais têm ensinado linguagem de sinais aos filhos que ainda não falam. De acordo com BabySigns.com, ligado ao Instituto Nacional de Saúde, gestos ajudam os bebês a se comunicar (reduzindo possíveis frustrações e mau humor), acelerando ainda o desenvolvimento psicológico e verbal. Isso também contribuiria na tentativa da higiene natural infantil. ( fonte: Baby Signs )

Comecei a procurar pelo assunto e encontrei no site Morada do Bebê uma série de vantagens da higiene sem fraldas:
  • Aumenta o apego através da proximidade, da comunicação natural e da paciência amorosa
  • Responde ao ritmo e à comunicação natural do bebê relativamente às suas necessidades fisiológicas
  • Atua diretamente no primeiro período de sensibilidade e predisposição para a aprendizagem
  • Ajuda o ambiente ao conservar/poupar árvores, água, petróleo e espaço nos locais de despejo de resíduos
  • Elimina ou reduz drasticamente o uso de fraldas
  • Evita/elimina a enurese (fazer xixi na cama), e o risco de infecções urinárias
  • Previne as assaduras
  • Permite o respeito pela higiene do bebé
  • Permite que o pai ou outras pessoas próximas e de confiança criem laços e comuniquem com o bebé
  • Proporciona uma grande poupança em fraldas e lavagem de roupa
  • Mantém o bebé consciente do seu próprio corpo
Eu confesso que morro de vontade de experimentar fraldas de pano da Manu, por fatores ecológicos, financeiros e até por conforto e bem estar, leio sempre sobre o assunto e vejo muitas mães usando, mas não conseguiria adotar um método de higiene natural, apesar de ser muito interessante, mas vivemos para trabalhar, acaba a licença maternidade e junto dela acaba o tempo integral com os filhos e até mesmo por comodismo, usar fralda descartável apesar de tudo, é tão prático...
Mas adorei conhecer esse método!
Alguém ai teria coragem de fazer uma experiência dessas ?

4 comentários :

  1. seria o ideal, né paty?
    mas não rola!!!
    são muitas coisas pra serem feitas...
    a cultura no brasil não ajuda muito (a mãe q cuida dos filhos e da casa e ainda trabalha fora!)

    creio q a fralda de pano ainda é uma solução ecológica e mais eficaz...
    maaass, por praticidade e comodismo mesmo, a gnt se rendeu a descartavel...

    mas é interessante!
    e bastante...

    adorei o post!

    ;*

    ResponderExcluir
  2. Oi Paty, eu também nunca tinha ouvido falar desse método. Mas se pensarmos bem, lá no passado devia ser assim e com o comodismo e conforto das modernidades acabamos nos afastando as origens, dos instintos e dos benefícios disso. Achei muito interessante.
    Beijos
    Chris
    Http://inventandocomamamae.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Eu vi essa matéria no fantástico e já conhecia esse método,
    muito interessante mais é o especialista no assunto falou no cotidiano em que vivemos
    de correria ficaria difícil pelo menos para mim =)
    mais confesso que já tentei :D
    beijinhOos ♥

    http://www.anjodmv.com/

    ResponderExcluir
  4. Olá, sou Estefani Reis nos conhecemos no 4º encontro das mamães de São Paulo lembra?
    Tô passando para conhecer seu blog, e já estou seguindo
    Bem interessante esse método, porém inviável ao menos para mim que vivo numa correria tremenda, e ainda por cima minha pequena fica na escolinha, então é impossível, mas se eu tivesse recursos eu tentaria sem problema algum!
    Aparece lá no meu blog tbm
    O Mamãe Y
    http://mamaey.blogspot.com.br/
    Beijos

    ResponderExcluir