12 de set de 2012

Depressão na Gravidez

Não sei se comentei aqui, mais a minha gravidez não foi nada planejada, muito pelo contrário, meus planos para o ano de 2012 eram estudar muito, encontrar um estágio, e estava incluído até um cruzeiro no final de ano e meu tão sonhado silicone !!

Depois do positivo no meu exame de farmácia, a minha vida mudou completamente !
Meus sorrisos, meu alto astral, deu lugar ao choro, ao medo, a angustia e o que mais me preocupou, me fez perder a vontade de fazer todas as coisas que eu sempre gostei de fazer (até de sair na rua!) e me afastei de todos, todos meus amigos, além de esconder a barriga!!
Foram 5 meses de rejeição, negação, tristeza, e depressão !

Quando vi o estágio que eu estava, procurei um psicologo, e frequentei apenas duas sessões de terapia, e pela minhas conversas, e tudo que estava passando, era óbvio que eu estava no inicio de uma depressão !

Fiz alguns exercícios, fui "obrigada" a sair de casa , para rever no minimo dois amigos, tive que me colocar no lugar da minha filha mais velha, na hora das brigas, para ver o que ela sente, e tive que anotar tudo, tudinho o que me fizesse chorar, ou me sentir mal ! Foram longas linhas de caderno, que não pude levar para a psicologa, porque desisti do tratamento !  Mais as duas sessões que fui, me fez sentir melhor, tirei umas fotos, comecei a pegar amor pela minha princesinha, mesmo sem gostar do barrigão!

Mais infelizmente agora na reta final, no ultimo mês, os sintomas voltaram com tudo!
Uma tristeza que invade a alma, vontade de chorar sem motivo e com motivos, ver pessoas felizes realizando sonhos, me causa inveja, ver meu corpo o triplo do tamanho, me faz me sentir feia, gorda e sem alto estima nenhuma, e com isso a insegurança em relação com o namorado é constante e enorme !
Acordo sentindo que as pessoas não gostam de mim, que meu namorado vai encontrar pelas ruas uma garota que tem um corpo bonito enquanto eu estou aqui obesa e sem vontade de me cuidar, que eu nao vou poder voltar a estudar... e sem mais nem menos, eu choro, me dói o peito,e eu sou obrigada a passar o restante do meu dia com essa angustia no peito!

Sei que não faz bem sentir isso, e sei mais ainda que não poderia ter largado a terapia, ainda mais sabendo de casos de problemas psiquiátricos na família, mais tem dias que eu simplismente não queria acordar, ou tem dias que eu sinto uma vontade enorme de sumir!

Será que todos esses pensamentos e sentimentos fazem mal para o bebe?
E será que no pós parto, tudo passa, ou tudo piora?
Eu me anulei nessa gravidez, será que depois que tudo isso acabar, eu vou me reencontrar novamente ?

Uma matéria legal sobre depressão na gravidez :
http://bebe.abril.com.br/materia/depressao-na-gravidez





Um comentário :

  1. Patty... amei o seu blog, e por ser amante desse universo de blogueiras, o seu blog entra para a lista dos meus favoritos.
    Te desejo uma gestação abençoada, e que nesta reta final, Deus te dê muita tranquilidade, paz e sabedoria. Deus faz todas as coisas perfeitas e acredite, nada acontece por acaso, tudo e todas as coisas acontecem por um propósito de Deus. A Manoella pode não ter sido planejada por vcs, mas, pode ter certeza que ela já estava nos planos de DEUS, e ela virá ao mundo por alguma razão. Pense nisso, vc é uma garota jovem, tem uma vida inteira pela frente e ainda pode realizar todos os seus sonhos. É só querer e colocar Deus na frente. Bjinhos barrigudinhos e fica com Deus.

    ResponderExcluir